• Accueil
  • > Politique
  • > Comunicado da Associação Tratado de Simulambuco-Casa de Cabinda

7 février, 2010

Comunicado da Associação Tratado de Simulambuco-Casa de Cabinda

Classé dans : Politique — cabinda @ 19:23

COMUNICADO

A Associação Tratado de Simulambuco-Casa de Cabinda, vem mais uma vez manifestar a sua profunda preocupação, pelas Detenções Arbitrárias, feitas em Janeiro de 2010, em Cabinda.
Conforme denúncias recebidas por esta Associação, foram detidos os seguintes cidadãos:
1 – André Zeferino Puati, trabalhador da Chevron, detido a 08.01, às 05h 30m da Manhã.

2 – Benjamim Fuca, ex-Polícia, detido.

3 – Belchior Lanso Tati, Professor Universitário, detido a 13.01, por volta das 15 horas.

4 – Padre Raul Tati, foi Secretário Geral da CEAST, detido a 16.01, cerca das 18h 30m.

5 – Francisco Luemba, Advogado e Professor Universitário, detido a 17.01 , às 06h da Manhã.

Todos ficaram detidos em Condições Degradantes.

Respeitáveis Ong’s e Observadores Independentes, Jornalistas, já tinham alertado para a possibilidade de repressão indiscriminada contra a População de Cabinda, após o incidente com a Equipa do Togo, ocorrido por volta das 15 horas do dia 08.01, que condenamos veementemente, mas que não pode servir de pretexto para a detenção indiscriminada de respeitáveis Cidadãos.Os Detidos são Membros da Sociedade Civil, ligados à Defesa dos Direitos Humanos no enclave e participaram em vários Relatórios de Violação dos Direitos Humanos em Cabinda.

Esta Onda de Prisões a Respeitados Intelectuais, deixa Cabinda mais fragilizada e com maior dificuldade em alcançar uma Paz duradoura.

Alertamos mais uma vez a Igreja de Cabinda, representada pelo seu Bispo Dom Filomeno Vieira Dias, a pronunciar-se sobre estas e outras Detenções Arbitrárias, “do Povo que lhe está confiado”, e sobre as constantes Violações de Direitos Humanos em Cabinda, que ele diz desconhecer.

A Associação Tratado de Simulambuco-Casa de Cabinda, condena todo o uso de Violência e de Terror contra o Povo de Cabinda e apela à libertação imediata de todos os Prisioneiros de Consciência em Cabinda.

Lisboa, 1 de Fevereiro de 2010.

A Direcção da Casa de Cabinda,
Fernando Higino,
Maria João Sande Lemos,
Margarida Mayer,
Nascimento Augusto,
Manuela Serrano,

Laisser un commentaire

Construire avec vous le du ... |
Bien Vivre ensemble l'aveni... |
COMMUNAL HAOUR FEYZIN 2008 |
Unblog.fr | Créer un blog | Annuaire | Signaler un abus | Energie Nouvelle pour Heill...
| Michel TAMAYA 2008 Le BLOG
| servir connaux