17 avril, 2011

Organizações privadas em Cabinda processam Chevron

Classé dans : Politique,Société — cabinda @ 17:14

Diversas organizações privadas cabindesas vão processar judicialmente a Cabinda Gulf Oil Company, filial da gigante americana Chevron, que opera em Cabinda.

A decisão foi divulgada uma semana depois do Ministério do Ambiente angolano ter anunciado que iria levar a tribunal aquela companhia petrolífera, acusando-a de poluir o Mar de Cabinda.

O ministério admitiu negociar um acordo antes de avançar para os tribunais, mas grupos de pescadores e ambientalistas decidiram antecipar-se ao Governo. E prometem levar aquela empresa ameroicana à barra do tribunal, pelas consequências dos vários derrames de petróleo que ocorrem em offshore de Cabinda.

Acusam a Chevron de ser responsável pelo desaparecimento de algumas espécies marinhas do Mar de Cabinda e dos mangais na foz do Rio Chilongo.

Afirmam ser « incalculáveis », os danos ambientais causados pelo derrame do petróleo no mar e pensam ser oportuna a responsabilização judicial da multi-nacional americana, pelas consequências duas suas actividades dede o início da exploraçao petrolífera naquela regição, em 1956.

Fonte: VOANEWS

A Chevron nunca foi condenada por um tribunal a indemnizar a população e os pescadores de Cabinda pelas consequências dos derrames, embora pague ocasionalmente compensações voluntárias aos pescadores, quando a sua faina é afectada por derrames.

Genórimo Abiala, do Centro Universitário de Relações Internacionais, disse à VOA saber « das manobras que muitas dessas empresas fazem para ludibriar o governo. Nós estamos preparados e dispostos a colaborar com o governo. Há provas mais que evidentes ».

Abiala referiu~se ao que as empresas fazem para ocultar a verdadeira dimensão de um derrame, nomeadamete espalhar solventes que afectam a mancha, para que esta não possa ser avaliada.

Laisser un commentaire

Construire avec vous le du ... |
Bien Vivre ensemble l'aveni... |
COMMUNAL HAOUR FEYZIN 2008 |
Unblog.fr | Créer un blog | Annuaire | Signaler un abus | Energie Nouvelle pour Heill...
| Michel TAMAYA 2008 Le BLOG
| servir connaux